Operação Carnaval reforçará a segurança durante feriado Guia Cidades - Notícias, Turismo, Negócios, Cultura, Eventos, História
  • Segunda-feira, 24 de abril de 2017
Portal da Cidade de Ribeirão Preto

Operação Carnaval reforçará a segurança durante feriado




A ação da Polícia Militar empregará mais de 8 mil pms, diariamente, para intensificar o policiamento


A Polícia Militar montou uma operação especial para reforçar a segurança durante o feriado prolongado de Carnaval, que acontecerá entre sexta (24) e quarta-feira (1º). A Operação Carnaval contará com uma média diária de 8.008 PMs, 1.420 viaturas e 18 helicópteros Águia.


A média diária é de 1.220 PMs do Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), 213 de Trânsito (CPTran), 434 do Choque (CPChq), 72 do Grupamento de Radiopatrulha Aérea (GPRAe), 2.606 do Corpo de Bombeiros, além de 1.049 das unidades da Capital e 513 da Grande São Paulo. 


“Toda a segurança para as famílias e para os que participam do carnaval. É um reforço importante para garantir a segurança e diminuir os acidentes rodoviários, garantindo uma festa alegre para todos os cidadãos”, afirmou o governador Geraldo Alckmin durante o anúncio da operação.


Fora o efetivo local, os 16 municípios do litoral norte e sul receberam o reforço de mais 1.901 policiais militares. Os PMs já estão desde quarta-feira (22) garantindo a segurança nas regiões.


“Temos certeza que conseguiremos fazer uma operação que possibilitará ao folião usufruir um serviço de segurança pública apropriado para esse tipo de situação e período”, acrescentou o secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho.


A Polícia Militar contará com 354 bafômetros para a realização de testes de embriaguez. A fiscalização da velocidade dos carros será feita por meio de 70 radares portáteis para dar mais mobilidade à fiscalização, 50 cavalos e cães e cerca de 320 equipamentos, como binóculos, motos aquáticas e botes de salvamento.


A ação nas estradas tem como objetivo evitar crimes e acidentes, além de garantir a fluidez do trânsito nos mais de 22 mil quilômetros de rodovias estaduais.


Álcool e trânsito - A PM alerta que o motorista que for flagrado dirigindo embriagado será multado em R$ 1.915,40 e poderá ter o veículo apreendido e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) retida por 12 meses. O condutor poderá ainda responder criminalmente a uma pena de seis meses a três anos de prisão.


Capital - Na Capital, a Polícia Militar desencadeará ações especiais principalmente na região da Vila Madalena e Sambódromo do Anhembi. A corporação atuará em conjunto com órgãos da Prefeitura, como SPTuris e Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), além de organizadores de eventos carnavalescos.


Na Vila Madalena, o 23º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) reforçará o policiamento. Na região do Sambódromo do Anhembi, policiais do 9º BPM/M receberão apoio de PMs do Choque e de Trânsito. O patrulhamento será intensificado na saída do metrô Tietê, em direção ao sambódromo, e nas ruas adjacentes.


Reforço no litoral - Os 1.901 policiais militares estão reforçando os seguintes municípios: Guarujá, Santos, São Vicente, Praia Grande, Iguape, Cananeia, Peruíbe, Ilha Comprida, Itanhaém, Mongaguá, Cubatão, Bertioga, Ilhabela, São Sebastião, Ubatuba e Caraguatatuba.


Para reforçar a segurança, além do efetivo local, a PM destinou mais 1.220 policiais para as cidades da Baixada Santista. A região também conta com mais 250 policiais militares, que atuam em setores administrativos, e foram para as ruas da região. Os outros 431 serão designados para o litoral norte.


Além do reforço no efetivo, a Polícia Militar terá o apoio de mais 85 viaturas enviadas para os municípios do litoral norte e sul. Os veículos da PM que serão utilizadas na operação são equipadas com tablets. De dentro dos carros, o equipamento permite aos PMs acessarem bancos de dados criminais.


Cinturão eletrônico


A região conta ainda com um “Cinturão Eletrônico” de câmeras de monitoramento do Detecta, que cobre o litoral do Estado, chegando ao Alto Tietê. O sistema recebe alertas em tempo real sobre roubos e furtos de veículos e outras situações suspeitas ocorridas em vias do litoral paulista e estradas que dão acesso às regiões.


São 390 câmeras OCRs interligadas ao sistema Detecta. Além disso, a região conta com mais 2.334 câmeras de videomonitoramento em municípios e estradas.


O Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) também colocou em operação 16 novas câmeras inteligentes que têm como objetivo aprimorar ainda mais a segurança pública nas vias que ligam a Região Metropolitana de São Paulo ao litoral.


A concessionária Ecovias investiu R$ 3 milhões no novo sistema de videomonitoramento. As imagens dos equipamentos inteligentes serão disponibilizadas para a Polícia Militar Rodoviária e territorial, Polícia Civil, além de serem incorporadas ao sistema Detecta, da Polícia de São Paulo.


As câmeras possuem dispositivo infravermelho e têm recursos de aproximação de longo alcance, além de um software que faz a identificação e alerta de movimentos e pessoas suspeitas nas rodovias, acostamentos e nos entornos do sistema.


Detecta - O Detecta é muito mais que um sistema de monitoramento inteligente. Trata-se do maior big data da América Latina, que integra bancos de dados das polícias paulistas (como RDO, Fotocrim, cadastro de pessoas procuradas e desaparecidas, dados do Detran, registro de veículos furtados, roubados e clonados).




Fonte: Secretaria de Segurança Pública de São Paulo

Indique Operação Carnaval reforçará a segurança durante feriado para seus amigos!Indique para seus amigos


Últimas Notícias


ultimas noticias UFSCar oferece tutoria para estudantes com dificuldades acadêmicas
Criar é ler o mundo com os olhos de criança
Pesquisadores da Embrapa participam de festival de divulgação científica em bares de São Carlos
Publicação da UFSCar sobre extensão rural é voltada à formação na área
SEVNA Seed planeja dobrar número de startups aceleradas
Escola Nacional de Seguros arrecada livros em Ribeirão Preto
Tereos renova convênio de doação de energia para Hospital de Câncer de Barretos